10.10.2023

Os Jovens Perguntam: ‘A Quem Confiar no Meu Município’?

Durante o período de 12 de Agosto a 12 de Setembro de 2023, cerca de 1 000 jovens das 11 capitais de provinciais de Moçambique participaram em debates frente-a-frente com os candidatos às eleições autárquicas nos seus respectivos municípios.

O objectivo do ciclo de debates frente-a-frente centrou – se em elevar o compromisso político dos cabeças de listas às eleições municipais, a serem realizadas no dia 11 de Outubro de 2023, bem como em influenciar os respectivos manifestos eleitorais e os planos de gestão municipal com base nos interesses dos jovens.

Nestas sessões participativas, jovens de diferentes extractos sociais discutiram os desafios enfrentados a nível municipal com base em evidências e de acordo com os pilares de governação municipal, questionando de forma reflexiva as propostas de acção dos candidatos às eleições autárquicas para superar os mesmos. Os cabeças de listas do Movimento Democrático de Moçambique - MDM e Frente de Libertação de Moçambique - FRELIMO foram os que mais se destacaram em termos de participação.

As áreas temáticas de discussão incluíam os pilares da saúde, educação, segurança pública, água e saneamento, cultura e desporto, transportes e habitação, mas as questões do acesso ao emprego e a habitação foram particularmente salientadas. Assim, as principais expectativas dos jovens relacionam - se ao ajuste das políticas de emprego a necessidade de aumentar o acesso dos jovens a oportunidades de trabalho digno, o reforço no acompanhamento das ações ao nível autárquico, e a adoção de estratégias que promovam os direitos políticos e sociais dos jovens.

A interação entre os jovens e os candidatos às eleições municipais neste conjunto de eventos representou uma mais-valia para a construção do diálogo político e social no país. As sessões resultaram no compromisso colectivo centrado na necessidade de reforçar a ligação dos jovens às autarquias, com vista a reafirmar as responsabilidades dos órgãos eleitos e dos decisores em relação às questões prioritárias da juventude e, em geral, reforçar o desenvolvimento sustentável e inclusivo do país.

As sessões de debate frente-a-frente enquadram – se no projecto “Desenvolvimento, Democracia e Direitos para Tod@s (DDDT)”, um projecto co-financiado pela União Europeia, que é implementado desde 2021 pela Fundação Friedrich Ebert em parceria com a Organização dos Trabalhadores de Moçambique – Central Sindical (OTM-CS) e a Plataforma de Jovens Líderes de Moçambique – (PJL).

Friedrich-Ebert-Stiftung
Mozambique Office

Av. Tomás Nduda, 1313
Caixa Postal 3694
Maputo – Mozambique

(00 258) 21 49 12 31
(00 258) 21 49 02 86

info(at)fes-mozambique.org

Team & Contact

 

back to top