Grupo Africano de Reflexão e Acção Feminista

Mulheres progressistas e feministas têm desempenhado historicamente um papel importante e largamente pouco apreciado em muitas lutas de libertação africanas. Ainda hoje, as feministas estão na vanguarda na resistência aos retrocessos democráticos e na luta contra a discriminação contínua baseada no género, raça, etnia e classe.

Convencida do potencial transformador do pensamento feminista e do activismo para projectos políticos progressistas mais amplos, desde 2016 a FES Moçambique convoca reuniões regulares de académicas feministas, activistas sociais e mulheres progressistas nos sindicatos e na arena política de diferentes regiões do continente africano. Nos chamados "Laboratórios de Ideias Feministas", um grupo de 40 mulheres reuniu-se regularmente para discutir as agendas políticas nos seus contextos, partilhar experiências e trocar tácticas políticas de uma forma participativa, interseccional e solidária. Formaram o Grupo Africano de Reflexão e Acção Feminista e empenharam-se na procura de alternativas socio-económicas e políticas concretas, que permitam às mulheres (e aos cidadãos em geral) falar por si próprias e lutar pelos seus interesses, direitos e liberdades.

As discussões foram documentadas através de uma série de vídeos e da Série de Reflexões Feministas. O grupo também apresentou uma agenda conjunta sobre extractivismo e resistência feminista, que põe em prática as ideias políticas: sob a forma de "escolas feministas" para mulheres em áreas de mineração, encontros de solidariedade e partilha de conhecimentos entre África, Ásia e América Latina, projectos de investigação sobre a influência das culturas alimentares geneticamente modificadas nas comunidades e mulheres tanto como ferramentas activistas (link) para a luta conjunta contra a violência baseada no género. Algumas reflexões posteriormente transformaram-se também em contribuições para o número especial sobre Extractivismo (link) do Jornal Feminist Africa.

Akiyode-Afolabi, Abiola

Participação política, organização feminista e criação de espaços democráticos inclusivos

Maputo, 2021

Baixar Publicação (1,1 MB, PDF-File)


Randriamaro, Zo

Para além do Extrativismo: Alternativas feministas para um desenvolvimento equitativo em termos sociais e de género em śfrica

Maputo, 2019

Baixar Publicação (1,6 MB PDF-File)


McFadden, Patricia; Twasiima, Patricia

Conversas feministas

Situando as nossas ideias radicais e energias no contexto africano contemporâneo
Maputo, 2019

Baixar Publicação (1,8 MB PDF-File)


Notícias

11.05.2021 | News, Notícias

Chamada: Propostas para Serviços de Comunicação

A Fundação-Friedrich-Ebert (FES) é uma fundação política alemã comprometida com as ideias e os valores fundamentais da democracia social. O escritório…


Mais informações

19.04.2021 | News, Notícias

"Green Talents Forum 2021" aberto para inscrições

Junte-se à prestigiada rede de pesquisa para a sustentabilidade, contacte exclusivamente com proeminentes cientistas alemães e faça parte de uma troca…


Mais informações

Publicações

Strategic options for managing violent extremism in Southern Africa

The case of Mozambique
Maputo, 2021

Baixar Publicação (11 MB, PDF-File)


Feijó, João

The role of women in the conflic in Cabo Delgado

Understanding vicious cycles of violence
Dakar-Fann, 2021

Baixar Publicação (600 KB, PDF-File)


Friedrich-Ebert-Stiftung
Escritório Moçambique

Av. Tomás Nduda, 1313
Caixa Postal 3694
Maputo – Moçambique

(00 258) 21 49 12 31
(00 258) 21 49 02 86

info(at)fes-mozambique.org
mozambique.fes.de

voltar ao início