Justiça de gênero está no centro das nossas ações e prioridades

Como parte das celebrações do mês das mulheres e reafirmando o nosso compromisso na luta por sociedades justas e equitativas, nos aliamos a alguns de nossos parceiros para fomentar reflexões críticas sobre a desigualdade e injustiça de gênero.

Uma das reflexões que foi posta em debate nas festividades do mês da mulher, teve lugar no dia 23 de março entre a parceira da Fundação Friedrich Ebert, Hikone Moçambique, e as autoridades municipais da Província de Maputo, onde permitiu que as preocupações, desafios e experiências das comunidades que vivem em áreas de risco de desastres naturais na Matola Rio fossem ouvidas.

Os objectivos do debate visavam, entre vários aspectos, alertar as comunidades sobre mudanças climáticas e riscos de desastres; identificar as motivações que levam as comunidades a construírem nessas áreas de risco, ilustrar como é que as mulheres, raparigas e homens são afectados vivendo em áreas de riscos e discutir sobre as alternativas existentes para as comunidades abandonarem as áreas de risco.

A abertura do município à esta sessão foi uma clara evidência da intenção de criar um entendimento comum, de aprender através do questionamento constante e de conectar os pontos de vista e opiniões de diferentes pessoas dentro do município. Com este encontro foi possível iniciar a construção de relações duradouras, de confiança e de engajamento entre os líderes e as comunidades afetadas.

Como resultado do encontro de reflexão, o Município mostrou-se disposto em cooperar com as partes para a retirada dessas zonas de risco sendo necessário uma ação pautada pela coordenação e envolvimento de todos os actores desde o próprio Município, sociedade civil e as comunidades afectadas.

 

Friedrich-Ebert-Stiftung
Escritório Moçambique

Av. Tomás Nduda, 1313
Caixa Postal 3694
Maputo – Moçambique

(00 258) 21 49 12 31
(00 258) 21 49 02 86

info(at)fes-mozambique.org
mozambique.fes.de

voltar ao início